Logo - Mobile do site

Hepatite C – 5 principais dúvidas sobre a doença

Hepatite C: tire suas dúvidas

O diagnóstico e tratamento precoce da hepatite C evita a progressão da doença para cirrose, câncer de fígado e necessidade de transplante de fígado. Sendo assim, a falta de informações sobre as características da doença impede que o paciente identifique a sua situação.1-3

Considerada uma epidemia mundial, o Ministério da Saúde estimou, em 2016, que 657 mil brasileiros estavam infectados pelo vírus da hepatite C (HCV). No entanto, apenas cerca de 360 mil casos foram notificados entre os anos de 1999 e 2018, mostrando que a maior parte dos indivíduos infectados desconhece o diagnóstico.1-3

Pensando nisso, separamos as 5 principais dúvidas sobre a hepatite C para respondê-las neste artigo. Confira!

O que é hepatite C e qual é a sua causa?

A hepatite C é uma doença viral causada pelo vírus da hepatite C. Este vírus leva a inflamação crônica das células do fígado e também pode afetar outros órgãos, como pele, vasos sanguíneos, rins, entre outros.1,3

Geralmente, a hepatite C só apresenta sintomas em suas fases mais avançadas, após anos de infecção, quando o indivíduo já apresenta complicações da doença, como cirrose ou câncer de fígado.1

Quais são os sintomas da hepatite C?

A hepatite C aguda, na maior parte dos casos, apresenta sintomas inespecíficos, o que torna o diagnóstico difícil. No quadro agudo da doença, os sintomas mais frequentes são:

Em algumas ocasiões, a hepatite C pode se manifestar com urina escurecida, fezes esbranquiçadas e olhos e pele amareladas.

Mais de 70% dos casos de hepatite C evoluem para a forma crônica da doença, de forma silenciosa, sem que o indivíduo perceba, e pode ficar assim por vários anos, até as formas mais avançadas da doença.1,2

Como a hepatite C é transmitida?

As principais vias de transmissão do vírus da hepatite C (HCV) são:

É importante frisar que a hepatite C não é transmitida pelo leite materno ou pelo contato casual, como abraçar, beijar e compartilhar alimentos ou bebidas.3

A hepatite C tem cura?

A hepatite C é tratada com antivirais de ação direta (DAA), disponibilizados pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Os esquemas de tratamento disponíveis no Brasil apresentam eficácia e segurança, com taxas de cura de mais de 95%, na maior parte dos casos.1,3

As chances de a infecção evoluir para cirrose ou câncer no fígado são menores quanto mais precoce for o diagnóstico e o tratamento, já que, com os novos tratamentos, é possível curar esta doença na maior parte dos casos, evitando sua progressão.1

Atualmente, graças à evolução do tratamento, pacientes sem complicações podem ser tratados por profissionais da Atenção Primária à Saúde, sem a necessidade de consulta em rede especializada.1,2

Existem vacinas para a hepatite C?

Ainda não existem vacinas para a hepatite C e isso reforça a necessidade de um controle adequado da cadeia de transmissão. Isso envolve alguns cuidados, como:

Além disso, a testagem rápida da população prioritária é essencial para combater o vírus, tornando possíveis o diagnóstico precoce e o tratamento adequado, evitando que a doença seja descoberta apenas em fase avançada.1-3

Podemos considerar como integrantes deste grupo os seguintes indivíduos:

Ainda restam dúvidas sobre a hepatite C? Acesse o nosso perfil no Instagram e conheça o nosso portal para saber mais.


Referências:

  1. BVSMS. ABCDE das hepatites virais para agentes comunitários de saúde. Disponível em: <https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/abcde_hepatites_virais_agentes_comunitarios_saude_2ed.pdf>. Acesso em: 19 mai. 2022.

  2. Ministério da Saúde. Protocolo clínico e diretrizes terapêuticas para hepatite C e coinfecções. Disponível em: <http://www.aids.gov.br/pt-br/pub/2017/protocolo-clinico-e-diretrizes-terapeuticas-para-hepatite-c-e-coinfeccoes>. Acesso em: 19 mai. 2022.

  3. Ministério da Saúde. Hepatite C. Disponível em: <http://www.aids.gov.br/pt-br/publico-geral/hv/o-que-sao-hepatites/hepatite-c>. Acesso em: 19 mai. 2022.

Olá, meu nome é Gil!

Quer saber onde testar ou procurar assistência ao tratamento de Hepatite C?